quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

ANA CAROLINA CITADA COMO UMA CANTORA BRILHANTE

Por Pedro Alexandre Sanches, especial para o IG/ 18/01/2012 06:29

... Não é de lá para cá não tenham despontado cantoras brilhantes, dentro do paradigma triplo Elis Regina/ Gal Costa/ Maria Bethânia - é possível citar Marisa Monte, Cássia Eller, Maria Rita, Ana Carolina ou Vanessa da Mata...

... Se, noves, fora, algum nostálgico ainda reclamar que "há 30 anos não nasce uma nova Elis Regina", aconselhe - o a procurar nas periferias como aquela em que ela nasceu, em Porto Alegre (RS) ou em qualquer canto do Brasil. Encontrará filhas de Elis às dúzias. Talvez elas não soem tão tristes e melancólicas como a mãe soava 30 e 40 e 50 anos atrás, mas este é o começo de uma outra conversa...

FONTE: http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/musica/impacto-da-morte-de-elis-regina-ainda-nao-foi-totalmente-avaliado/n1597580145908.html

MUITOS FAMOSOS (ANA CAROLINA), NO 'PARABÉNS PRA VOCÊ' DA IRMÃ DE REGINA CASÉ

A promoter e empresária Patrícia Casé, irmã de Regina Casé, comemorou idade nova na noite de segunda - feira (9), no restaurante Doiz, em Botafogo, no Rio.

Querida na classe artística, ela foi prestigiada por muitos famosos, como Ana Carolina, Ricardo Pereira, Bianca Bin, Marcela Muniz, Isabela Capeto e Carlos Tufvesson, além da irmã, claro.

FONTE: http://www.jb.com.br/anna-ramalho/noticias/2012/01/11/muitos-famosos-no-parabens-pra-voce-da-irma-de-regina-case/

ANA CAROLINA, CORES E MULHERES


Ana Carolina e as instrumentistas de sua banda em Ensaio de Cores: Délia Fischer, a baiana Lan Lan (na parte superior) e Gretel Paganini.

Desde a estreia em disco, em 1999, a cantora mineira Ana Carolina, 37 anos, não saiu das paradas e conquistou o respeito do público e da crítica com uma personalidade forte que não adormece no berço esplêndido da fama e tenta conciliar relevância artística e compromisso com o sucesso popular. Depois de N9ve (2009), seu melhor trabalho, com participação especial de John Legend, Esperanza Spalding e Chiara Civello, e que vendeu 150 mil cópias, Ana apresenta um álbum despretensioso e intimista, mas igualmente bem cuidado: Ensaio de Cores - Ao Vivo (Sony).

Primeiramente em CD, com DVD e Blu-Ray - gravados ao vivo no Citibank Hall, Rio, com direção de José Henrique Fonseca - previstos para este semestre, Ensaio de Cores é fruto de um show/ projeto nascido em 2010. Nele, a compositora misturou sua música e a apresentação, pela primeira vez, de uma exposição de telas de sua autoria.

"Sempre gostei de pintura, mas a paixão se tornou mais real em 2002, pouco antes do lançamento de Estampado. Foi um álbum emocionalmente conturbado. Para aliviar a aflição de registrar as canções em estúdio, eu pintava para ver aquelas músicas que só ouvia. Acabei criando uma tela para cada canção. Não parei mais depois disso", explica.

Com a sua bela casa no Jardim Botânico, no Rio, cada vez mais cheia de telas, Ana Carolina pensou num show no qual também pudesse expor sua habilidade na pintura, com parte da renda revertida para entidades que cuidam da prevenção e educação em diabetes - a cantora é diabética desde os 16 anos. Projetadas como cenário durante o show, que ganhou fôlego e passou por mais de 12 cidades do Brasil, as bonitas telas da cantora são expostas e colocadas à venda nos foyers das casas e teatros onde ocorrem as apresentações. A quantidade de telas depende do espaço físico do local.

Acostumada à crítica musical, Ana cai na risada quando questionada se está preparada para encarar outro tipo de crítica: a de artes plásticas. Em dezembro, ela inaugurou sua primeira mostra individual, na Galeria Romero Britto, na badalada rua Oscar Freire, em São Paulo, com 15 telas. "Por enquanto, nem quero ser chamada de pintora (risos). Vou precisar de bem mais tempo para isso. De qualquer maneira, antes de expor minhas telas, fui ouvindo opiniões de pessoas que entendem do assunto. Na verdade, não quero somente a beleza, mas, sobretudo, a comunicabilidade visual. Ao pintar, eu não tenho os limites que conheço e que invento para a música", afirma.

Outra característica importante do show e do álbum Ensaio de Cores é o seu tom feminino, celebrando a mulher já a partir da banda que acompanha Ana Carolina (ela canta, toca guitarra, violão, pandeiro e baixo), formada pela pianista Délia Fischer, a violoncelista Gretel Paganini e a baterista e percussionista Lan Lan. As duas primeiras composições evidenciam a relação pintura, música e mulheres no trabalho: Rai das Cores, de Caetano Veloso, e a neobossa As Telas e Elas, da própria Ana, e cuja letra mescla uma paquera feminina com citações de Klint, Miró, Renoir, Monet, Ramirez...

Com a sua primeira música de trabalho, Problemas, na trilha da novela Fina Estampa, o repertório de Ensaio de Cores ressalta ainda a face de intérprete de Ana Carolina. Além de sucessos próprios e das inéditas Você Não Sabe (Antônio Villeroy) e Pra Tomar Três (samba em parceria com Edu Krieger), a artista interpreta novidades em sua voz como Todas Elas Juntas Num Só Ser (Lenine e Carlos Rennó) e Força Estranha, sucesso de Roberto Carlos composto por Caetano Veloso.

Não é fácil reler Força Estranha, que tem gravações poderosas com o Rei Roberto e Gal Costa, mas a interpretação de Ana é marcante. Muitas vezes, ela é aplaudida em cena aberta. "A versão de Gal para Alguém Me Disse, que também canto no show, é definitiva, mas a 'voz tamanha' de que fala a letra de Força Estranha sou eu" (risos), diz convicta.

FONTE: Correio 24 Horas.                                                                                      

LP ENSAIO DE CORES - ANA CAROLINA



Por: 49,90

Volume 1

1. Rai das Cores

2. As Telas E Elas

3. Você Não Sabe

4. Simplesmente Aconteceu

5. Força Estranha

6. Stereo

7. Violão

8. Feriado/O Amor É Um Rock/Entre Tapas e Beijos

9. Pra Tomar Três

10. Todas Elas Juntas Num Só Ser

11. Azul

12. Problemas - Bonus Track

FONTE: Livraria Cultura.

                                                                              

CONFIRMADO: ANA CAROLINA VEM A PARATY EM FEVEREIRO


ANA CAROLINA - AGENDA DE SHOWS 2012

(O show mencionado é de responsabilidade da fonte aqui apresentada)

*Data: 08/02/2012 - Paraty/RJ - Show de Sucessos

(Em Praça Pública)

*Local: Areal do Pontal

FONTE: Paraty Online

Importante: em Paraty, está em andamento a exposição das telas em uma galeria durante 10 dias.

FONTE: https://twitter.com/#!/armazem_virtual                                                                               

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

ANA CAROLINA - AGENDA DE SHOWS 2012


Ana Carolina - Agenda de Shows 2012

(Este show abaixo mencionado é de responsabilidade da fonte aqui apresentada)

Data: 23 - 24/03/2012 - Rio de Janeiro/RJ
Local: Citibank Hall/RJ

Av. Ayrton Senna, 3000 - Barra da Tijuca
CEP 22775-00 - Rio de Janeiro - RJ
Referência:
Próximo ao aeroporto de Jacarepaguá

Horário: 22h

Pré-venda: 14 a 20 de janeiro

Informações sobre ingressos:
Te: 4003-6464


                                                                                

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

O PASSEIO COLORIDO DE ANA CAROLINA


EM ENSAIO DE CORES, A CANTORA E COMPOSITORA MINEIRA, FLUI PELA MPB ROMÂNTICA, LEVADA POP, HIP - HOP E SAMBA

Uma das gratas surpresas fonográficas do final de 2011 foi o álbum Ensaio de Cores, em que a cantora e compositora Ana Carolina usa e abusa da sua miscigenação musical. Ela passeia pela MPB romântica, levada pop, hip - hop e o samba. O caleidoscópio é maior já que a produção é uma junção entre música e pintura. Além de Ana (que também se aventura nas artes plásticas), outras musicistas mulheres fazem parte do projeto. O lançamento saiu em CD e vinil (primeira investida de Ana Carolina no formato), e em breve chega em DVD.

O CD traz 15 faixas, incluindo um potpourri com canções autorais (Claridade, Só Fala em Mim e Pra Rua Me Levar) e outro que reúne Feriado, O Amor é um Rock e Entre Tapas e Beijos. Três músicas em especial podem resumir o álbum e a relação entre as canções e as pinturas: As telas e elas, composição de Ana Carolina, Rai das cores, de Caetano Veloso, e Azul, de Djavan. Outras faixas do disco são Problemas, trilha da novela Fina Estampa, Você Não Sabe, do Totonho Villeroy, com uma pegada mais forte; o samba Pra Tomar Três, parceria com o Edu Krieger, e Simplesmente Aconteceu, de Dudu Falcão e Chiara Civello.

O mais feminino de todos os discos da cantora nasceu com um grupo formado exclusivamente por mulheres. E surgiu despretensioso. Era para ser um projeto especial, com apenas 2 shows no Rio de Janeiro e 2 em São Paulo, com repertório temático, mesclando músicas autorais e releituras, com uma formação menor, intimista, apresentando o lado pintora da artista. A ideia deu muito certo e Ana Carolina acabou caindo na estrada no segundo semestre do ano passado. O CD e o vinil (primeira investida de Ana Carolina no formato) chegaram às lojas no mês passado, e o DVD e o Blu - Ray são aguardados para esse ano. Ainda em fase de finalização, o DVD ao Vivo perpetua o show criado pela cantora com inspiração em suas pinturas e será lançado em edição do selo Armazém distribuída pela Sony Music. O projeto teve início quando Ana Carolina começou a pintar para aliviar a tensão com o álbum Estampado. "A pintura se instalou fortemente em mim, pouco antes do lançamento de um álbum tão emocionalmente conturbado, que cheguei ao ponto de criar uma tela para cada canção. Para aliviar a sensação aflitiva do registro das canções em estúdio, eu pintava para ver aquelas canções que só ouvia".

Só mulheres

Á frente da banda de Ensaio de Cores estão experientes artistas, como Délia Fischer no piano, Gretel Paganini, no violoncelo, Lanlan na bateria e percussão, além, é claro, de Ana Carolina, na guitarra, violão, pandeiros e baixo. "Se encaixou perfeitamente no que eu procurava, uma sonoridade de banda. Ali, eu me sinto a vocalista da banda, não a cantora, além de trazerem naturalmente mais delicadeza aos arranjos", revelou em entrevista ao programa Hoje em Dia, da Tv Record.

Arte e solidariedade

No show de Ensaio de Cores, Ana Carolina expõe telas que começou a pintar em 2002, antes do lançamento do álbum de sucesso Estampado. Além de serem projetadas em telões como cenário do show, elas foram colocadas à venda como parte da renda destinada à Associação de Diabetes Juvenil - (ADJ). A artista é diabética desde os 16 anos.

FONTE: Gazeta Digital.     

                                                                               

SHOW DE ANA CAROLINA EM MARÇO NO CITIBANK HALL, RIO DE JANEIRO (RJ)

Galera, show da Diva Ana Carolina nos dias 23 e 24 de março, no Citibank Hall, Rio de Janeiro (RJ). A pré - venda começa dia 14.

FONTE: https://twitter.com/#!/CredicardEshow                                                                        

ANA CAROLINA - SHOW DA VIRADA 2011

Quem de Nós Dois:


                                                                            
Problemas: