terça-feira, 10 de maio de 2011

ANA CAROLINA: AMOR, VOZ E RIMA

Cantora empolgou o público de Fortaleza que compareceu ao Siará Hall.

Com a tradicional roupa preta e o sempre cabelo comprido ondulado, Ana Carolina subiu ao palco do Siará Hall alguns minutos antes da meia - noite, horário em que as apresentações costumam começar. Distribuindo simpatia, a cantora exibiu uma pequena diferença em seu traje: a calça comprida larga cedeu lugar a uma capri, que enalteceu o tênis branco por ela utilizado.

A apresentação da mineira na noite de sexta - feira (06), no Siará Hall, em Fortaleza, integra a comemoração de uma década da carreira de Ana. A poderosa voz repercutiu de maneira brilhante o que a intérprete se propõe a fazer: emocionar. Exatamente desta forma, o público, caracterizado pela pluralidade de comportamentos, estilos e preferências, entrou em sintonia com o repertório apresentado. Do rock, passando pelo samba e invadindo as baladas românticas, o show "N9ve", que estreou em 2009, refere - se ao disco de mesmo nome e leva adiante a série de cinco trabalhos inéditos da também compositora.

Além de interagir com os fãs e demonstrar mais simpatia do que da última vez que esteve na Cidade, coincidentemente na mesma casa de shows, Ana Carolina abusou da sensualidade, inseriu frases polêmicas em alguns trechos de suas canções e não se conteve ao perceber a animação da plateia diante de sua potencial entonação vocal. "Aqui", "Entreolhares", "Rosas", "Enconstar na Tua", "Quem de Nós Dois", e "Elevador" foram apenas alguns dos sucessos cantados na apresentação. Ao final do espetáculo, as cortinas se fecharam, as luzes apagaram, os aplausos cessaram e, lá fora, a vida voltava ao normal com uma forte chuva, que pareceu chegar para esfriar os corações aquecidos com a noite...

Por Alexandre Savéh

FONTE: CNews.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário