quarta-feira, 16 de março de 2011

ABISMO




(Composição: Ana Carolina/Jorge Vercillo)

"Bem daqui onde estou 
Já não dá pra voltar
Nas alturas do amor
Onde você chegar
Lá eu vou
E o que mais a fazer
A não ser me entregar
A não ser não temer 
O abismo em seu olhar
Ou é mar?
O seu olhar...


Não há precipícios na vertigem do amor
Só descobre isso quem se jogou


Não sou eu que me faço voar
O amor é que me voa
E atravessa o vazio entre nós 
Pra te dar a mão
Não sou eu que me faço voar
O alto é que me voa
Meu amor é um passo de fé
No abismo em seu olhar


REFRÃO:

Ah, ah, ah...
No seu olhar
Ah, ah, ah
Me vejo andar no ar
Lá no abismo lindo
Do seu olhar
Ah, ah, ah...



Nenhum comentário:

Postar um comentário