sexta-feira, 26 de novembro de 2010

ENIGMÁTICO ENCANTO

 
Ás quatro da madrugada
Ela chega encantada, arrepio, arrastão, me arrastou
Noites assim eu tô a fim, eu tô a fim de tudo
Então é sabado e tanta gente querendo acreditar
Em fadas, ninfas, duendes e em sereias do mar

E eu te amo tanto
A noite de um mágico encontro
Noites assim eu tô a fim, eu tô a fim de tudo
E eu te amo tanto
Enigmático encanto
E foi tudo tão bonito que eu custo a acreditar 
E eu te amo tanto
Noites de um mágico encanto.

(William Andríola)                                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário