quinta-feira, 22 de julho de 2010

DUETO



Ana Carolina, á pedidos de um jornal faz perguntas a cantora Chiara Civello. Confira:


Ana Carolina: 7752 é a distância, em quilômetros, entre Rio de Janeiro e Nova York. O que você mais gosta nas duas cidades?

Chiara Civello: - Amo o Rio por ser uma cidade que tem tudo: mar, lagoa, montanha, cachoeira, floresta. Já NY, por fazer tudo acontecer rapidamente.

Ana Carolina: A soma entre 7752 dá 3, número ligado a criação...

CC: - Unido ao fato de ser o meu terceiro disco forma uma linda coincidência!

Ana Carolina: Como você interpreta as vertentes cantora e compositora?

CC: - Quando eu escrevo uma canção tenho de desejar cantá - la. Compor é a reconstrução de um estado emotivo através de uma administração de pausas e notas e a voz é a expressão suprema disso. Se a emoção em cantá - la chegar de um jeito claro e forte, eis uma boa canção.

Ana Carolina: Alguma música que gostaria de ter feito e não fez?

CC: - Muitas! Por exemplo: Coração Vagabundo, do Caetano; Lately, do Stevie Wonder, e Moon River, do Johnny Mercer.

Ana Carolina: Eu adoraria misturar o timbre de Luiz Melodia, com o modo de cantar do John Mayer no repertório de Frank Sinatra...
  
CC: - Misturaria um pôr - do - sol em Stromboli, na Itália, com a voz da areia de Grumari, na Fontana di Trevi, em Roma!

Ana Carolina: Que canção te emociona?

CC: - Amo loucamente Estate, cantada por João Gilberto, no disco Amoroso.

Ana Carolina: Diga com quem você gostaria de fazer uma parceria no Brasil e outra na Itália...

CC: - Por aqui, adoraria compor com Chico Buarque e, na Itália, com Mina!
  
Ana Carolina: Na canção "Simplesmente aconteceu", o que você prefere: "O jardim dos sonhos", ou "as paredes de algum lugar"?

CC: - O jardim dos sonhos toda a vida...

Ana Carolina: O compositor Lamartine Babo gostaria que seu epitáfio fosse: "Aqui jaz um homem que não gostava de jazz!". O que você pediria que escrevessem no seu?

CC: - Pediria a seguinte frase: "aqui ninguém morreu, will be right beck..."

Por: Heloísa Tolipan


FONTE: Blog Heloísa Tolipan                                                                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário