sexta-feira, 30 de julho de 2010

ASSOCIAÇÃO DE DIABETES JUVENIL REALIZA CAMPANHA DE PREVENÇÃO EM DIABETES NOS SHOWS DA ANA CAROLINA EM SÃO PAULO

Ana Carolina faz no Citibank Hall, em SP, 3 shows do projeto inédito Ensaio de Cores aliado a uma exposição de seus quadros, que terão parte da receita de sua venda revertida à ADJ.

Com o objetivo de levar orientação e educação em diabetes para a sociedade, a Associação de Diabetes Juvenil (ADJ) promoverá diversas ações ao público dos três shows de Ana Carolina que ocorrerão no Citibank Hall, entre os dias 30 de julho e 1 de agosto de 2010.

Antes do início dos shows, haverá no local uma exposição com as telas que a própria Ana Carolina vem pintando há cinco anos. O intuito é que parte da renda revertida com a venda dos quadros seja destinada à ADJ para manutenção das atividades gratuitas que lá são realizadas.

A parceria da cantora com a ADJ foi iniciada em 2007, para promover mais atenção sobre a causa do diabetes. Dessa forma, todos os shows do ano retrasado levaram voluntários da associação para realizarem os testes de glicemia e proporcionar orientação para os expectadores.

Mais informações, acesse www.adj.org.br.

Sobre a ADJ:

Fundada em 10 de março de 1980, a Associação de Diabetes Juvenil (ADJ) é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, legalmente registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas. Seu objetivo é promover educação nesse campo para portadores de diabetes, familiares, profissionais de saúde e comunidade. A ADJ busca também favorecer a qualidade de vida.

Atende a pessoas portadoras de todos os tipos de diabetes, de qualquer faixa etária e classe sócio - econômica. Oferece um trabalho integrado realizado por uma equipe multidisciplinar formada por psicóloga, nutricionista, enfermeira e voluntários (portadores de diabetes ou familiares).


FONTE: Portal Propaganda

ANA CAROLINA TEM PASSAPORTE ROUBADO EM BARCELONA

Cantora faz turnê pela Europa e acabou perdendo dinheiro e documentos na Espanha.

A cantora Ana Carolina está fazendo turnê pela Europa e acabou ficando sem passaporte. A coluna de Ancelmo Goés no jornal "O Globo" afirma que a brasileira teve sua bolsa roubada nas ruas de Barcelona e perdeu documentos e dinheiro. Ela foi até o consulado brasileiro na cidade para emitir um novo passaporte.

Entre junho e julho, Ana Carolina passou por nove países europeus apresentando a turnê do disco "N9ve".


FONTE: Abril.com 

EM NOVO SHOW, ANA CAROLINA VENDE SUAS PINTURAS POR ATÉ R$ 30 MIL

Os fãs de Ana Carolina correram para garantir lugar na estreia do projeto "Ensaio de Cores". Os ingressos para o show de sexta - feira, sábado e domingo já estão praticamente esgotados, e uma sessão extra acaba de ser confirmada para segunda (2), no Citibank Hall (zona sul de SP).

A nova apresentação quer misturar a paixão de Ana pela música e pela pintura. Logo na entrada da casa, o público poderá ver e comprar 26 telas pintadas pela cantora, que há cerca de oito anos se dedica mais e mais às tintas. "Estou muito feliz com a recepção a este trabalho que, nos últimos anos, tornou - se muito importante para mim", conta ao Guia.

Quem quiser levar para casa uma das criações, irá pagar de R$ 3 mil a R$ 30 mil, preço referente à tela "Carta sobre os Trilhos". Parte da arrecadação será revertida à ADJ (Associação de Diabetes Juvenil).

Mas como a artista classifica seu tipo de pintura? "É uma técnica mista de acrílico com óleo, mas não saberia te dizer como classificar. Trabalho livremente, sem pensar em rótulos ou consequências", explica. E qual a preferida? "É como escolher uma canção. Não tem jeito".


Quase tudo diferente:

Não é só o hall do Citibank que estará repleto de pinturas. O cenário do show também será composto por algumas telas e também duas esculturas de Helio Echebauer. No repertório, a canção inédita  "As Telas e Elas", três regravações de outros artistas e os sucessos de sempre, como "Pra Rua Me Levar", "Quem de nós dois" e "Garganta".

Para ouvir um trecho da nova música e ver as telas de Ana Carolina, acesse o 
site oficial.


FONTE: Guia da Folha     

ANA CAROLINA - DE "GARGANTA" PARA O MUNDO

Com quase onze anos de carreira, Ana Carolina se tornou referência na música brasileira, colecionadora de grandes parcerias e sinônimo de talento e profissionalismo. Essa mineira estourou em todo o Brasil com seu sucesso "Garganta" e, a partir daí, sua voz e suas composições passaram a ser indispensáveis aos ouvidos brasileiros mais variados.
 Já são sete álbuns lançados, quatro DVDs, um especial CD e DVD em parceria com Seu Jorge e uma compliação de sucessos, chamada Perfil, que foi a mais vendida da série de todos os tempos. Ana Carolina definitivamente colhe os frutos de tanto trabalho. Artista consagrada, ela garante que a vontade de agradecer e surpreender os seus fãs é o que lhe inspira a cada novo e diversificado trabalho.
Em sua primeira grande turnê européia, Ana Carolina está passando por Itália, Portugal, França, Suíça, e, para nossa felicidade, Espanha. Em uma entrevista exclusiva á brasilcomZ, essa diva da música brasileira falou sobre os shows na Europa, os onze anos de carreira, bissexualidade e os projetos mais recentes. Confira!

 Por Maiby Gignon

BCZ: Há alguns anos você se apresentou na França. Já fez shows em outros países da Europa? Quais as cidades escolhidas dessa vez?

AC: Eu me apresentei na França e tenho vindo com frequência a Portugal, mas esta é a minha primeira grande turnê européia, que vai passar por Itália, Portugal, França, Espanha, Suíça e Inglaterra num total de onze shows.

BCZ: O show que você traz à Espanha é a turnê N9ve, ou um show diferenciado?

AC: É um show que traz basicamente os meus sucessos destes dez anos de carreira e também, as novidades do N9ve.

BCZ: O que é que os brasileiros que vivem aqui e sentem tanta saudade do Brasil, podem esperar da sua apresentação?

AC: Com certeza os sucessos que ouviram no Brasil, os ouviram nas trilhas de novelas - estarão todos no show.

BCZ: Você já tem sete álbuns gravados, em quase onze anos de carreira. É um número bastante grande se compararmos com muitos artistas. Como é o seu processo de criação para o novo disco?

AC: Muito intenso. Eu, na verdade, componho e toco o tempo todo e no momento que um grupo de canções começa a fazer sentido e se diferenciar das demais, é aí que começa um novo disco. E eu me dedico a cada produção "full time" de corpo e alma. Nestes quase onze anos, foram sete discos: Ana Carolina; Ana, Rita, Joana, Iracema e Carolina; Estampado; Dois Quartos (duplo); N9ve; Ana Car9lina + Um. Quatro DVDs: Estampado; Um Instante que Não Pára; Dois Quartos; Ana Car9lina + Um. Um projeto especial de CD e DVD: Ana & Jorge. E uma compilação, Perfil, que foi o disco mais vendido desta série, de todos os tempos.

BCZ: N9ve foi lançado no ano passado. Já tem o próximo CD planejado, para encaixar aquele blues que acabou ficando de fora?

AC: O Blues que ficou de fora entrou no Ana Car9lina + Um, lindamente cantado por mim e pela Maria Gadú. É a música "Mais que a Mim", uma parceria minha com a cantora e compositora italiana Chiara Civello. Eu, no momento, estou buscando aquela conexão entre várias canções para pensar em um outro disco, para o ano que vem.

BCZ: Você é uma artista muito admirada no meio artístico nacional e constantemente realiza parcerias com outros artistas. Fale sobre algumas delas, inclusive as do seu último álbum.

AC: É uma grande sorte que eu tenho pode compor e cantar com as pessoas que eu admiro. Tem sido sempre assim, desde o meu primeiro encontro com o meu parceiro de toda a vida, Antônio Villeroy, os encontros que tive com os meus ídolos no DVD Estampado - Maria Bethânia, João Bosco e Chico Buarque, o projeto Ana & Jorge e, muito especialmente, este projeto N9ve, onde eu inaugurei uma parceria incrível e muito especial com a Chiara Civello, que é co - autora de quatro músicas do CD N9ve e cinco do CD/ DVD Ana Car9lina + Um. Eu preciso destacar também deste projeto, minha primeira parceria com o Gilberto Gil. Mandei pra ele, num ato de ousadia, um samba feito com outro "parceiro de primeira viagem", o Mombaça, e que estava sem letra há alguns meses. Em dois dias, ele me devolveu a letra do samba "Torpedo", e eu quase explodi de tanta alegria. Minha vontade era sair na rua dizendo pra todo mundo: fiz um samba com o Gil! E ainda a parceria com o John Legend. Eu queria muito fazer alguma coisa com ele, e tive a sorte de não só ele aceitar meu convite para cantar comigo no N9ve, como também ter feito a letra em inglês de uma música minha e do Antônio Villeroy. Além disto, tive o prazer de poder contar com a Esperanza Spalding cantando uma música minha e da Chiara Civello e ter conseguido reunir os amigos para gravar o Ana Car9lina + Um: Gil, Bethânia, Seu Jorge, Chiara, Luiz Melodia, Ângela Ro Ro, Roberta Sá, Zizi Possi, Maria Gadú e o meu parceiro Antônio Villeroy.


Ana Carolina com dois importantes parceiros: Antônio Villeroy e Chiara Civello.

BCZ: Antes de consagrar sua carreira no Brasil, você já pensou em morar fora do país e se arriscar no cenário europeu, como muitos artistas fazem?

AC: Morar fora do Brasil, acho que não, mas estar sempre aqui na Europa trabalhando, com certeza.

BCZ: Você toca muitos instrumentos e gosta de inovar nos seus shows. Foi autodidata com todos eles?

AC: Eu sou autodidata em todos os instrumentos que toco. Com o piano, entretanto, que eu resolvi aprender apenas dois meses antes de estrear o show Dois Quartos, em que eu queria tocar uma canção no piano, eu pude contar com o auxílio luxuoso da pianista brasileira Délia Fischer.

BCZ: Você conhece e gosta da música espanhola?

AC: Conheço e gostaria de fazer uma parceria, especialmente, com Concha Buika.

BCZ: A cada disco lançado, seus fãs nunca têm certeza do que esperar. Qual é o segredo de tanta criatividade e inovação em seus trabalhos? O que costuma te influenciar?

AC: A vontade de surpreender, de agradar aos meus fãs. Eu realmente procuro me desdobrar para buscar sempre maneiras de apresentar surpresas marcantes.


            Ana em ensaio fotográfico de seu CD N9ve   

BCZ: A sua música "Eu comi a Madona" foi alvo de grande polêmica. Você já esperava toda essa repercussão quando a gravou?

AC: Sim. É uma canção forte, corajosa.

BCZ: De acordo com o que Jason escreveu para a revista Billboard, em seu CD Dois Quartos, "o assunto da bissexualidade, empresta um ar de curiosidade em algumas das canções".  Foi proposital abranger esse tema no álbum?

AC: A questão da bissexualidade para mim é muito natural, o que infelizmente, não é para outras pessoas. Eu procuro então falar, cantar com naturalidade sobre estas questões para ver se, dessa forma, eu consigo ajudar as pessoas que ainda têm que lidar com esta opção com reservas, com dificuldade. Eu quero ajudar a fazer as pessoas felizes.

BCZ: Em uma entrevista, você disse que não pretende ser militante pelos direitos homossexuais e nem levantar bandeiras para defender a homossexualidade. Você acredita que, ainda assim, como uma artista assumidamente bissexual, as pessoas te cobram esse papel?

AC: Como eu disse na pergunta anterior, esta questão para mim não é um tabu, é natural. Não sou exemplo de nada mais do que uma pessoa verdadeira que quer ser feliz e espera que os outros também sejam.

BCZ: Quais são as novidades e planos após o retorno ao Brasil?

AC: Faço agora no final de julho um show especial, com a Délia Fischer, sobre quem falei anteriormente, a Lanlan e um jovem talento da música erudita, Gretel Paganini. Serão três shows em São Paulo junto com uma exposição de minhas telas que tenho pintado nos últimos anos. Estas telas estarão à venda com parte da renda revertida em benefício de uma entidade paulista que faz um trabalho muito bacana de educação em diabetes.


FONTE: Site brasilcomZ   
     
                                                      
                                                

                                                                      

LADO B

Depois de uma turnê pela Europa, Ana Carolina voltou com muitas idéias para o show que apresenta nesta sexta, sábado, domingo e segunda, em São Paulo. No novo formato batizado de "Ensaio de Cores", além de músicas, a cantora vai apresentar uma exposição inédita de quadros pintados por ela.

E as novidades também se estendem no palco. No lugar da banda que sempre a acompanha, Ana Carolina terá três mulheres: Délia Fischer, Gretel Paganini e Lanlan. No set list, música do repertório dela e também de outros compositores.

Em tempo: Diabética desde os 16 anos, Ana Carolina vai doar parte do valor obtido com a venda dos quadros dela para a Associação de Diabetes Juvenil, a ADJ. Boa causa!


Ana Carolina e banda do show "Ensaio de Cores" e um quadro pintado por ela: outros dons.                                                    

 FONTE: Site Glamurama

                                                                                                                      

terça-feira, 27 de julho de 2010

ENTRE SONORIDADE E QUADROS


  
Ana Carolina está de volta ao Rio depois de três semanas rodando a Europa com 11 shows. Em Portugal, ela cantou para 16 mil pessoas no Festival Delta Tejo e, no Porto, onde se apresentou pela primeira vez, cantou para um Coliseu lotado. Em Milão, recebeu no palco o autor de um de seus maiores sucessos, Quem de nós dois, Gianluca Grignani. Ele disse que adora Ana e quer fazer uma música com a cantora. Em tempo: o novo projeto da mineira foi batizado Ensaio de Cores, no qual ela se apresenta com uma banda só de mulheres e integrada por Délia Fischer, Lanlan e Gretel Paganini e mostra ao público seus quadros pintados no ateliê de sua casa, no Jardim Botânico. São lindos e eu conferi.


FONTE: Blog da  Heloísa Tolipan                                                                          

CRIANÇA ESPERANÇA 2010, PROGRAMAÇÃO DE SHOWS NO HSBC BRASIL, NA TV, INGRESSOS

Dia 14 e 15 de agosto acontece o show Criança Esperança 2010, um dos maiores programas de arrecadação voluntária para crianças carentes do Brasil, organizado pela  Rede Globo em parceria com a Unesco.

AGENDA E PROGRAMAÇÃO DE SHOWS:

O meteoro da música sertaneja Luan Santana marcará presença no Criança Esperança 2010 da Globo que vai ao ar dia 14 de agosto. Estão confirmados também Victor & Léo, Zezé di Camargo e Luciano, Wanessa, Claúdia Leitte e Ivete Sangalo. Ainda não há informações sobre a venda de ingressos. Outras grandes atrações a serem confirmadas:

Show de sábado - dia 14
Horário - 22:00 ás 2:00 - TV Globo, Após a novela Passione
Apresentação: Renato Aragão


Xuxa
Luan Santana
Maria Rita
Ana Carolina
Sandy
Wanessa
Ivete Sangalo
Ciclete com Banana
Roberto Carlos
Skank
Victor & Léo
Chitãozinho e Xororó
Leonardo
Zezé di Camargo e Luciano
Zeca Pagodinho
Roupa Nova

Show de Domingo - dia 15
Horário - 12:00 ás 16:00 - TV Globo, após Esporte Espetacular
Apresentação: Luciano Huck, Angélica e Ana Maria Braga

Banda Calypso
Daniela Mercury
Claúdia Leitte
Jammil e Uma Noites
Maria Gadú
João Bosco e Vinícius
Jorge e Mateus
Capital Inicial
Jota Quest
NX Zero
Hóri
Exaltasamba
Padre Fábio de Melo


INGRESSOS PARA O SHOW CRIANÇA ESPERANÇA 2010

Dia: 14/08/2010
Local, ingressos, endereço...: HSBC Brasil
Preço dos ingressos: em breve

DOAÇÕES:

Desde 2004, o dinheiro arrecadado pela campanha é depositado diretamente na conta da UNESCO que é responsável pela seleção, e acompanhamento dos projetos apoiados. Para doar para o Criança Esperança ligue para uns dos números abaixo:

Para doar R$ 7, 00 - 0500 2010 007
Para doar R$ 15, 00 - 0500 2010 015
Para doar R$ 30, 00 - 0500 2010 030
Para doações acima desse valor, acesse o site do Criança Esperança




FONTE: Site Próximo Show
   
 

  

segunda-feira, 26 de julho de 2010

ANA CAROLINA APRESENTA SUA BANDA PARA O PROJETO "ENSAIO DE CORES"

 

"Olá!

Essas moças aí do meu lado vocês já devem conhecer, da esquerda para a direita, Délia Fischer, Lanlan e Gretel Paganini, essas são as moças que irão tocar comigo no projeto "Ensaio de Cores"


FONTE: Site Ensaio de Cores                                                                  

ENSAIO DE CORES - ANA CAROLINA

                                                                       

Ensaio de Cores é um novo projeto em que a diva Ana Carolina irá se apresentar com novos (as) músicos, músicas com novos arranjos e a exposição dos quadros. A estréia desse novo projeto que promete arrasar acontecerá nos dias 30 e 31 de Julho e 01 de Agosto, no Citibank Hall, em São Paulo

ESSA NÃO DÁ PRA PERDER!!!!!!


ENSAIO DE CORES: OS QUADROS


Galera, segue abaixo a coleção de novos quadros pintados  pela nossa diva Ana Carolina para esse novo projeto e alguns que ela pintou para o CD Estampado, na época em que ela estava concluindo o CD. Além de talento, beleza, e personalidade, os quadros transmitem sentimentos profundos pra quem os aprecia. Vale a pena conferir!!!!!!


Série: OS INCOMPREENDIDOS


"Em algum momento de nossas vidas alguém não nos entenderá". AC


Reflexões sobre o Tempo


                                                                     2,55 x 1,40

 Inicialmente a lona dessa tela ficou extendida no chão da sala de pintura. Eu passei alguns dias vivendo sobre ela.


Piaf

                                1,50 x 0,85                                
 Non... je ne regrette rien
 Ni le bien qu'on ma fait,
           Ni le mal - tout ça m'est bien égal"


Série: A VIDA SECRETA DAS PALAVRAS


Carta para T.S. Eliot
                                                           1,20 x 0,80
Fragmentos de uma solidão infinita. (AC)

Carta para Antônio Melgaço

                                                         
1,50 x 1,00
 Quais palavras diríamos se nos encontrássemos agora? (AC)

Casa Velha

                                                    
0,80 x 1,20
Lembranças da Barreira do Triunfo. (AC)

Escritos

                                                
1,20 x 0,80
 Busca da essência secreta das palavras. (AC)

Carta sobre os Trilhos

                       1,30 x 0,80
 Ficaram frases por dizer, os destinos foram muitos. (AC)

Série: ESTAMPADO


Hoje eu tô Sozinha

          1,30 x 1,00
  Ana Carolina fez a música "Hoje eu tô sozinha", em 2001. A tela desta canção foi feita por encomenda. Ela passou um final de semana sozinha em casa e aproveitou para realizar a pintura sobre o tema.


        1,30 x 1,00
 Última tela feita para o álbum, ou melhor, é a primeira música composta para o álbum (que na verdade não foi feita para o "Estampado", e sim para "Maricotinha" - disco gravado por Maria Bethânia dois anos antes). Ana Carolina usou tinta acrílica, spray e tinta plástica.


Só fala em mim

                                                           1,20 x 0,80     
Ana Carolina buscou as cores da obsessão redundante do amor, o labirinto sem entrada, sem saída. Não interessa trocar o caminho, o que mais interessa é mudar o jeito de caminhar.

Não fale desse jeito comigo

                                                          1,20 x 0,80

É Mágoa

             0,80 x 0,60

Vox Populi

                                1,00 x 1,00
 Essa tela é a "Vox Populi". Foi feita num final de semana de chuva e frio em novembro de 2004. Quando Ana Carolina concluiu a tela, percebeu que a canção era "Vox Populi" porque a imagem lhe sugeria uma multidão vista do alto.

 Série: ESTAMPADO 2




Encostar na Tua


                                  1,46 x 0,89                                              
 Ana fez a música "Encostar na Tua" numa madrugada de setembro de 2002. A TV estava ligada sem som. Quando a programação acabou, a tela ficou em "colorbar". Meses depois, ela resolveu criar uma tela para a canção e, logicamente, foi inspirada nas cores do "colorbar".

Nua

                                                     1,00 x 1,00
 Ana Carolina e Victor Ramil terminaram a canção, mas a tela ainda está inacabada. "É como se não tivesse fim, é como se eu tivesse a vida toda para pintá - lo ... e tenho!"

Mais que Isso

                                                         2,30 x 1,10
 Ana Carolina começou a pintá - lo assim que Chico César, seu parceiro na canção, saiu de sua casa. Levou duas semanas para terminar e assim, homenagear a canção.

O Beat da Beata

                            1,30 x 1,00
 A cores efusivas e loucas, lembra a Ana, as meias coloridas do LP "Dancing Days"... daí nasceu a tela.

Elevador

                                                           2,30 x 1,10
 Subtítulo "Deus da Cidade"... Ana Carolina pintou este quadro pensando no Deus que proteje a cidade, com suas lendas, tiros, meninos lindos na beira do mar, suas crianças, carros, edifícios, elevadores, o cair da noite, seu asfalto, suas ironias e seu futuro.

Vestido Estampado



Série: AS HORAS


Definição de um temperamento, como um diário na tela, sentimentos perturbadores, tintas sobre a madrugada. (AC)


Horas e Horas

                                                               1,20 x 0,80

Gosto do poder das cores quando parecem romper a tela. (AC)

La Critique

                            1,20 x 0,80 
           Fascínio pelo ato de repetir. Repetir até ficar diferente. (AC)

Série: CONFIDENCIAL


África minha

                                                  2,00 x 1,00
Pintei durante meses e parei de contar quando completei 3 mil pontos, ou seja, deve ter mais de 4 mil pontos esta tela. (AC)

Notas sobre um escândalo

                                                      1,00 x 0,80
"Tem mais presença em mim o que me falta". (Manoel de Barros)

Luz Silenciosa

                                                     0,92 x 0,73
Luz de Inverno e Luz Silenciosa são irmãos em sua profundidade e em seu pacto com o estilo "Bergman" de ser.    (AC)

Série: GRAFITTI


                                               0,85 x 1,30
"A arte é uma revolta contra o destino". (André Malraux)

Série: O+


Traição

                                          1,00 x 0,80

Queria algo que definisse a densidade do tema. Não usei tinta, resolvi pintá - lo com meu sangue. (AC)


FONTE: Site Ensaio de Cores