terça-feira, 1 de junho de 2010

ANA CAROLINA LEVA MULTIDÃO DE FÃS AO ZERÃO

                      

Show de lançamento do FILO atraiu pessoas de diversas regiões do Estado. Câmeras fotográficas, cartazes, faixas, declarações de amor - no papel e no gogó - rasgadas. Ocupando os lugares próximos da boca de cena, os admiradores mais efusivos da cantora e compositora Ana Carolina já lançavam gritos de paixão quando ela entrou, num repente, o palco do Anfiteatro do Zerão na noite de sábado (29).

O show de lançamento do FILO 2010, em seus 42 anos de história, arrastou para o local um público bem maior que o de 15 mil espectadores - a capacidade das arquibancadas no anfiteatro. Disputavam espaço, para além do gramado do Zerão, pessoas não só de Londrina e cidades vizinhas, mas de outras regiões do Paraná, que viajaram quilômetros para ver e ouvir uma das vozes de maior sucesso da atualidade. Que o diga o coro rimado que se ouvia ao longe: "... é a maior cantora do Brasil!". Alguém duvidaria?

Ana Carolina desfilou por um repertório de canções clássicas de seus dez anos de carreira, além de músicas do álbum recente - "N9ve". Hits da compositora e da memória coletiva, Quem de Nós Dois, Cabide, Garganta  foram uníssono na voz de iniciados ou não de seu trabalho. Passou do violão ao pandeiro, convidou para um samba, cantou e deixou que o imenso público cantasse, em mais de uma hora de show.




CARAVANA DE FÃS


Para muitos desses fãs, a aventura começou bem antes daquele momento. Reunidos por uma comunidade virtual dedicada a Ana Carolina em um site de relacionamentos da internet, grupos organizaram - se para vir ao show tão logo a apresentação foi confirmada pelo Festival. Nesta página, um verdadeiro trabalho de cooperação foi realizado entre londrinenses e pessoas de outras cidades: postaram reportagens, informações sobre a localização da cidade e sobre a estrutura do anfiteatro ao ar livre. E não é que o encontro deu certo?

Nayara Thais da Silva Jardim, estudante de 18 anos, foi a primeira a dar a notícia no site. Para ela, o show de lançamento do FILO foi uma dupla emoção: ela comemorou seu aniversário e viu, pela primeira vez, Ana Carolina ao vivo. "É um presente que eu me dei. Show dela aqui no Paraná é raro; aqui do lado da gente é um presente mesmo", alegra - se a garota, que já chegou a enviar e - mails para casas de espetáculos da região para que trouxessem a cantora. Nayara é de Paranavaí e, junto com mais 13 pessoas, alugou uma van para a viagem até Londrina.

Por volta do meio - dia, quando a paranavaiense chegou ao Zerão, a enfermeira curitibana Jaqueline Alves Camargo (26) já ocupava a primeira fila das arquibancadas. Após encarar sete horas de viagem, desde a capital do Estado, ela e a amiga Camila Bertoja (18) chegaram ao Zerão ás sete horas da manhã e não arredaram pé. As duas conheceram -se também pela internet  na comunidade de Ana Carolina.

Durante a maratona de 12 horas até o início do show, elas revezavam para ir ao banheiro e para comer. Passaram o dia á base de salgadinhos. Tudo para não perder aquele que consideravam "o melhor lugar para ver a Ana Carolina". Dali, acompanharam a montagem dos equipamentos, a passagem de som e a chegada de todo o público, que aumentou repentinamente no final da tarde.

"Pra mim é extremamente importante porque é o show que eu estava esperando em Curitiba e, como não aconteceu, resolvi me antecipar para ver a comemoração dos dez anos de carreira da pessoa que eu considero o meu ídolo", enfatiza Jaqueline, que acompanha a trajetória da intérprete desde o início.

De Londrina, a secretária executiva Roberta Cassante (25) não poupou esforços para receber com hospitalidade os amigos virtuais que aportaram na cidade para o lançamento do Festival. Ela também aguardou com ansiedade o espetáculo. "É o primeiro show que eu vejo; faz uns cinco anos que eu estou esperando essa hora".

Roberta elogiou a iniciativa do FILO em lançar o evento com uma apresentação de música aberta ao público: "É uma oportunidade para quem não tem acesso á cultura", diz. A secretária executiva, que procura acompanhar de perto a programação artística do Festival, ainda destaca: "Os shows dela também são produzidos por diretores teatrais, e a Ana Carolina também gosta muito disso", finaliza.


FONTE: Renato Forin Jr./ Assessoria de Imprensa FILO                                                             

 ALGUMAS FOTOS DO SHOW:


                                            

                                                        

                                          

  

FONTE/ FOTOS: Orkut                                                                                                                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário