quarta-feira, 10 de março de 2010

UM GRANDE SHOW PARA UMA GRANDE INAUGURAÇÃO


Um dos shows mais aguardados da região será realizado sábado e promete ficar marcado na vida de quem estiver presente. A cantora Ana Carolina traz a Volta Redonda o espetáculo Ana Car9lina + Um. A data também marca a inauguração da maior e mais charmosa casa de espetáculos do Sul do Estado do Rio de Janeiro, o Porão Shows.
                    A nova casa conta com uma mega estrutura que tem tudo para deixar os baladeiros confortáveis: tem capacidade para 4.800 pessoas, quatro mil na pista e 800 no camarote, localizado no segundo andar. O Porão Show ainda conta com os outros ambientes do complexo Casarão, como choperia, boate, Sushi Bar e varandão, totalizando 7 mil pessoas. Um palco para mega shows foi construído, medindo 17 metros de frente e dez de profundidade. A casa ainda oferece estacionamento particular.
                 Para inagurar tudo isso, nada melhor que Ana Carolina, uma das artistas mais conceituadas da atualidade, dona de uma voz ímpar, uma cantora que tem um público fiel, culto e bonito.
               O show tem previsão de início previsto para a 1 hora, mas os portões serão abertos ás 22h. Será baseado no Registro do canal Multishow, uma coletânea de canções lançadas por Ana Carolina através da Sony Music. O álbum e o DVD foram lançados em comemoração aos seus dez anos de carreira. O álbum tem base no recente N9ve e em outras canções de carreira da cantora, bem como a inédita Mais que a Mim, que tem a participação de Maria Gadú.

O INÍCIO:

Começou profissionalmente aos 18 anos, nos barzinhos da cidade, com o repertório de Jobim, Chico, Ary Barroso e outros clássicos. Foi quando Ana Carolina conheçeu Luciana David e Keley Lopes, duas estudantes de comunicação, que gostaram do que ouviram e se tornaram suas empresárias.
                     Então, começaram a surgir convites de mais bares nas cidades vizinhas e, acompanhada sempre pelo amigo e percussionista Knorr, rodou alguns quilômetros da Zona da Mata mineira. Nesse tempo, Ana começou a compor, contudo, essas não foram interpretadas tão cedo.
                   Conforme o tempo foi passando, Ana ia sendo mais conhecida, até o instante em que foi convidada para fazer participação em shows maiores, como na abertura do concerto da Orquestra Internacional de Ray Coniff, em 1997.
                 Posteriormente, o italiano Máximo Pratesi convidou alguns artistas para se apresentarem em Roma. Além de Ana, ele convidou o grupo de MPB na cidade, o Lúdica Música, no Rio, onde assinaram o contrato.
                Depois de realizar novos shows em Belo Horizonte, um rapaz chegou ao camarim com a letra de uma música, que compôs enquanto a assistia. Esse rapaz era o compositor gaúcho José Antônio Franco Villeroy, que se tornaria um dos melhores amigos e parceiros de Ana. A música era Garganta, que foi o primeiro sucesso da carreira da cantora.


FONTE: A voz da cidade                                                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário