quinta-feira, 19 de novembro de 2009

A FESTA DE ANA

Espetáculo "N9ve" que comemora os 10 anos de carreira de Ana Carolina, está em cartaz hoje, no Teatro do Sesi.


   
Dez anos de carreira, mais de 4 milhões de discos vendidos, um bom punhado de sucessos populares como "Garganta" e "Ela é Bamba". Ana Carolina tem muito a comemorar, e parte da festa será hoje, ás 21h, no palco do Teatro do Sesi, com o show de lançamento do álbum "N9ve".
       Os gaúchos vão ter o privilégio de conferir o espetáculo ainda turbinado pela adrenalina da estréia. As primeiras apresentações do show N9ve foram no final de semana passada, em São Paulo. O roteiro do show foi definido em conjunto por Ana Carolina e pela diretora Bia Lessa, que também responde pela cenografia. O que se deve ver e ouvir no palco é um passeio pelos 10 anos de estrada que a cantora mineira percorreu desde que lançou seu primeiro disco.
      Os convidados da festa de aniversário não deverão se decepcionar. No repertório, praticamente todas as faixas de N9ve e sucessos como "Eu Comi a Madona", "Que Se Danem Os Nós", "A Canção Tocou na Hora Errada" e "Nada Pra Mim", além do indefectível set dedicado ao samba, em que Ana Carolina desempenha sua manemolência no pé e no pandeiro.
        O visual de N9ve deve exibir ares de super produção, com gruas, carrinhos, trilhos e rebatedores no palco do Sesi. E trazer algumas surpresinhas musicais também, na forma de canções que Ana Carolina nunca cantou em shows solo, mas que estão ofuscados com o espírito da cantora. Alguns exemplos: "Bom Dia" (Swami Jr.), que ela conheceu ao fazer um dueto com Zizi Possi, a roqueira "Odeio" (Caetano Veloso) e a brejeira "Essa Mulher" (Arnaldo Antunes). Também no set list, o sucesso do Fundo de Quintal "Não Quero Saber Mais Dela" e "Torpedo", parceria de Ana Carolina com Mombaça que ganhou versos de Gilberto Gil.
       Dividindo o palco e o entusiasmo com Ana Carolina, estão Marcelo Costa (bateria), Leonardo Reis (percussão), Danilo Andrade (teclados), André Rodrigues (baixo), Dirceu Leite (sopros), Yura Ranevski (cello) e Pedro Baby (violões e guitarras). 

FONTE: Zero Hora                                       

Nenhum comentário:

Postar um comentário